Por que ter esperança em um mundo caótico?

Cada vez mais as pessoas se perguntam para onde o mundo está indo. Uma série de eventos em cadeia parece evidenciar que a humanidade evoluiu pouco desde o fim da Segunda Guerra Mundial e parece que a esperança das últimas gerações de construção de um mundo melhor foram por água abaixo com a ascensão de líderes extremistas e belicosos, o fortalecimento do terrorismo, o surgimento de novas epidemias de doenças, o aumento da criminalidade, a derrocada da economia e a reascensão do fascismo.

Mas será que só temos motivos para lamentar? Veja esta lista com sete notícias boas e espante a falta de esperança.

(Pixabay)


1. Cientistas apontam que o buraco na camada de ozônio está diminuindo, e cada vez mais as nações se unem na construção de políticas inovadoras de combate à exploração ambiental e no desenvolvimento de tecnologias para substituir fontes poluentes de energia. Mesmo que muitos neguem o aquecimento global, apesar das provas demonstradas por renomados cientistas de que a ação humana tem causado impacto considerável na capacidade de carga do nosso planeta, muitos grupos têm se organizado para exigir que os governantes tenham um olhar ambientalmente sustentável.

2. A mortalidade infantil vem diminuindo no mundo todo, e cada vez mais pessoas se voluntariam e doam para ONGs como a Médicos sem Fronteiras, que atuam em comunidades carentes junto a crianças em situação de risco e extrema pobreza.

3. A expectativa de vida vem crescendo no mundo. O advento de novas tecnologias médicas, políticas sociais e a articulação entre governos contribuiu para que a expectativa de vida da humanidade crescesse 6 anos desde 1990.



4. Líderes extremistas não têm lugar na Europa. Apesar dos Estados Unidos terem eleito o polêmico líder de extrema-direita Donald Trump, o velho continente não cedeu lugar para o populismo. França e Holanda elegeram líderes com discursos moderados, enquanto a Alemanha se mostra cada vez mais na liderança do "mundo livre". Na América, o Canadá aposta em políticas humanitárias inovadoras.

5. O combate à corrupção só cresce. O Brasil foi o mais recente exemplo no mundo de um processo de investigação que atingiu grandes lideranças políticas e econômicas. A corrupção é cada vez mais condenada no mundo e novos meios têm surgido para dar à população o poder de fiscalizar e cobrar dos líderes eleitos. A internet tem sido a principal dessas ferramentas.

6. O machismo, o racismo e a LGBTfobia têm sido cada vez mais questionados e combatidos. Embora pareça que não avançamos nada nesse aspecto, na verdade o preconceito apenas ficou mais visível. Toda ação gera uma reação, e a partir do momento que as sociedades passaram a questionar o porquê de sermos tão intolerantes, alguns grupos começaram a sair do anonimato. Entretanto, é fato que cada vez mais vozes têm se levantado contra o preconceito. Um exemplo de como estamos no caminho certo é o fato de que desde o início dos anos 2000, 26 países e territórios aprovaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo e novos países se juntam à lista a cada ano.

7. Novas tecnologias, procedimentos médicos e soluções inovadoras no campo da ciência surgem a todo instante e todos os grandes países têm investido para que a tecnologia possa estar ao alcance da maioria das pessoas. Da cura do HIV à criação de colônias humanas em Marte, a "quarta revolução industrial" bate à nossa porta e vai nos fazer dar um salto em qualidade de vida. Mudaremos nossa relação com o trabalho e teremos mais tempo para dedicar ao lazer, aos estudos e à família.


Por tudo isso, este é um momento maravilhoso para estar vivo. É no olho do furacão, no epicentro das crises, que surgem as alternativas mais inovadoras e revolucionárias. Lembre-se de que você pode não conseguir mudar o mundo sozinho, mas mudando a si mesmo já estará dando um grande passo nessa direção.

______________________

Gostou? Curta nossa página no Facebook!

Comentários